Terça-feira, 30 de janeiro de 2007 13:55

Alagoas terá R$ 5,7 milhões de RPVs em circulação na economia

     O Estado de Alagoas vai dispor de R$ 5.715.023,96 em circulação na economia, a partir de fevereiro, provenientes de Requisitórios de Pequeno Valor (RPVs). Os RPVs são débitos judiciais cujo valor se limita a sessenta salários mínimos, pagos nas agências da Caixa Econômica Federal, por liberação Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5).


     Alagoas é o segundo Estado em volume de recursos de RPVs, dentre os seis Estados nordestinos que integram a 5ª Região da Justiça Federal (Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Alagoas e Sergipe), abaixo apenas do Ceará, que vai pagar R$ 7,1 milhões.


     No total para 5ª Região da Justiça Federal serão liberados R$ 27.589.201,12 em pagamento de RPVs na região. O montante de recursos deverá beneficiar mais de sete mil pessoas.


     De acordo com o presidente do TRF5, desembargador federal Francisco Cavalcanti, "o pagamento desses RPVs promove distribuição de renda, beneficiando especialmente a população carente, ao mesmo tempo em que aquece a economia regional com a injeção de recursos superiores a R$ 27,5 milhões".


     "O pagamento é correspondente a 3.675 RPVs, que beneficiarão 7.465 pessoas em toda a 5ª Região", complementa a diretora da Divisão de Precatórios do TRF5, Maria Tereza Della Santa.


     Para receber os RPVs, as partes deverão se dirigir a qualquer agência da Caixa Econômica Federal e apresentar os seguintes documentos: originais e cópias da RG (carteira de identidade), CPF e comprovante de residência (conta de água, luz ou telefone).